Obama diz que a ciência espacial voltará a ter lugar de honra em seu governo

O presidente Barack Obama destacou nesta segunda-feira o espírito da conquista espacial ao reassegurar seu firme compromisso de devolver a ciência aeroespacial ao lugar que merece e dedicar a ela mais de 3% do Produto Interno Bruto.

AFP |

Em um discurso ante a Academia Nacional de Ciência, em Washington, Obama também prometeu evitar que a ciência seja sacrificada em nome da ideologia.

"Há meio século este país se comprometeu em liderar a inovação científica e tecnológica no mundo, investir na educação, na investigação, na engenharia, e ter como objetivo alcançar o espaço e associar cada cidadão a essa missão histórica", afirmou Obama.

"Nunca os Estados Unidos investiram tanto como nessa época na pesquisa e desenvolvimento, mas a porcentagem desses investimentos em relação ao PIB não deixou de diminuir desde então", lamentou.

"Estou aqui para fixar este objetivo: vamos dedicar mais de 3% de nosso PIB à pesquisa e desenvolvimento. Não apenas vamos igualar como também superar o nível alcançado no ponto mais alto da carreira espacial (...) favorecendo os avanços nos terrenos da energia e medicina, e melhorando o ensino da matemática e das ciências", enfatizou.

"Com minha administração, terminaram os dias em que a ciência cedia lugar à ideologia", concluiu.

lal/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG