Obama diz para Tesouro dos EUA iniciar corte de impostos

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ordenou no sábado que o Tesouro inicie a implementação dos cortes de impostos para 95% dos norte-americanos, cumprindo uma promessa de campanha que ele espera venha a ajudar na saída da economia da recessão. Os cortes de impostos são parte do pacote de estímulo de 787 bilhões de dólares aprovado pelo Congresso, controlado pelos democratas. O objetivo é colocar mais dinheiro no bolso dos consumidores e estimular a economia pelo aumento de seus gastos.

Reuters |

"Fico satisfeito em anunciar que esta manhã o Departamento do Tesouro iniciou a orientar os empregadores e reduzir o montante de impostos descontados de seus contracheques, o que significa que, até 1o de abril, uma família típica começará a ter pelo menos 65 dólares a mais cada mês", disse Obama em seu programa semanal de rádio.

"Nunca antes em nossa história um corte de impostos foi tão rápido ou atingiu tantos trabalhadores americanos", ele disse.

Com dezenas de milhares de norte-americanos perdendo seus empregos em meio ao derretimento econômico global, Obama tem dito que recuperar a economia dos EUA é sua prioridade máxima. Ele tem admitido que seu sucesso, ou fracasso, nessa tarefa irá definir sua Presidência.

Leia mais sobre: cortes de impostos

    Leia tudo sobre: crise financeira global

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG