Obama deve tirar tropas de Honduras para provar que é contra o golpe, diz Chávez

O presidente venezuelano Hugo Chávez pediu neste domingo ao colega dos Estados Unidos, Barack Obama, que retire as tropas americanas da base militar de Palmerola, em Honduras, para demonstrar assim sua rejeição ao golpe realizado nesse país.

AFP |

"Se o governo dos Estados Unidos não apoiasse de verdade o golpe, já teria retirado todas as suas tropas de Palmerola", denunciou Chávez em seu programa dominical de rádio e TV 'Alô, Presidente'.


"Faça isso já, Obama, e com isso você vai demonstrar que não está apoiando o golpe. Se você não fizer isso, então está apoiando o golpe. Deixe de ambiguidade, desse discursinho e um sorriso que enganam todo mundo", acrescentou.

AFP
Chávez discursa sobre a situação de Honduras na Venezuela. 


Teste

Chávez, aliado do deposto presidente hondurenho Manuel Zelaya, afirmou que a crise de Honduras representa "a hora do teste" para Obama.

"Demonstre se é verdade que está disposto a enfrentar os falcões, se não é melhor que se vá porque vai acabar pior que (o ex-presidente George W.) Bush", afirmou ainda.

"Bush se assumia como chefe do império e assim era, Obama quer se apresentar como uma pomba branca, como um pacifista. Melhor ter à frente o chefe do império, que se assume como tal, do que alguém que é e não é", concluiu.

Leia também:


Entenda:

Leia mais sobre: Honduras


    Leia tudo sobre: honduras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG