Obama deve jogar bola com meninos da Cidade de Deus

Expectativa é de que presidente americano siga o exemplo de Bill Clinton, que em 97 cobrou um pênalti na favela da Mangueira

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

George Magaraia
O professor Orlando Muniz vai escolher 16 meninos para jogar bola com Barack Obama
Em 1997, durante sua visita ao Brasil, o então presidente norte-americano Bill Clinton visitou a favela da Mangueira, na zona norte do Rio, e cobrou um pênalti na Vila Olímpica da comunidade. Quase 15 anos depois, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deve seguir o exemplo à risca. No próximo domingo (20), ele vai visitar a favela da Cidade de Deus , na zona oeste, e a expectativa é de que jogue uma rápida “pelada” com meninos da comunidade.

O professor de educação física Orlando Muniz coordena a escolinha de futebol da Cidade de Deus e está responsável por escolher 16 crianças que vão trocar alguns passes de futebol com Obama. Segundo ele, o pedido foi feito pela equipe de segurança do presidente norte-americano.

No total, 150 meninos de 6 a 16 anos participam do projeto Rio 2016, ligado ao governo estadual. “Vamos ver se ele é bom de bola”, disse o professor ao iG , rindo. "Na sexta-feira, vamos ter uma reunião com os seguranças do Obama para definir a posição das crianças durante a visita", completou.

A rápida pelada vai acontecer na Praça do Lazer, próxima à entrada da Cidade de Deus. Assim como vários pontos da comunidade, o local também está passando por uma reforma às pressas por causa da visita ilustre. Funcionários a serviço da Prefeitura do Rio pintam as grades localizadas no entorno da praça, passam cimento em partes quebradas e soldam ferros desgastados.

Agora é esperar para ver se o talentoso jogador de basquete na juventude vai conseguir marcar um gol. Ou se os meninos da Cidade de Deus vão seguir o exemplo de um morador da favela da Mangueira que deixou Bill Clinton converter o pênalti.

    Leia tudo sobre: barack obamaobama no brasilcidade de deus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG