Obama deve anunciar vitória sobre Hillary nesta terça

A vitória do pré-candidato democrata à presidência americana Barack Obama deve ser confirmada após as prévias desta terça-feira. Segundo afirmou em reunião de arrecadação de fundos no Oregon, ele se prepara para fazer na terça-feira o anúncio de sua vitória sobre Hillary Clinton na disputa do Partido Democrata.

Redação com AFP |

Prevendo sua vitória na terça-feira na primária do Oregon (noroeste), enquanto sua adversária é favorita em Kentucky (centro-leste), Obama disse: "Estamos em condições de dizer que ganhamos a maioria de delegados necessários para obter a candidatura".

Obama explicou que espera que sua vitória no Oregon, onde estão em jogo 52 delegados (51 em Kentucky), permita ultrapassar a barreira da maioria de delegados, ou seja 1.627.

São necessários 2.025 delegados para obter a candidatura democrata na convenção nacional do partido em Denver (Colorado) no fim de agosto, mas este número inclui os "superdelegados".

Estes "superdelegados, quase 800, são as principais autoridades do partido, que têm liberdade para decidir seu voto. A maioria dos que já revelaram sua opção está ao lado de Obama.

No estado 'progressista' do Oregon, a composição demográfica é considerada favorável ao senador negro. Já em Kentucky, um estado mais pobre e conservador, majoritariamente branco e operário, a balança pende para Hillary Clinton. Ambos devem obter vitórias com amplas margens na terça-feira.

Assista ao vídeo



Depois de Kentucky e Oregon restarão três primárias democratas, em Porto Rico no dia 1º de junho, Montana (noroeste) e Dakota do Sul (norte) dois dias depois. Hillary Clinton já afirmou que pretende seguir em campanha até o fim das primárias.

A senadora por Nova York promete não desistir, apesar dos analistas considerarem que a vantagem de Obama não tem mais como ser superada. Além disso, a campanha de Hillary possui dívidas milionárias e o número de estados que ainda organizarão primárias é cada vez menor.

Levando em consideração os 'superdelegados', até o momento Barack Obama reúne 1.893 delegados, contra 1.720 da ex-primeira-dama, de acordo com o site independente RealClearPolitics.

Enquanto Hillary luta por um milagre para reduzir a vantagem de Barack Obama, nos últimos dias o senador por Illinoi já deu a entender que realmente abandonou a disputa democrata, com uma postura de candidato do partido nas eleições presidenciais de novembro.

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG