Obama desiste de discursar no Portão de Brandemburgo

Washington, 18 jul (EFE).- O candidato à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, desistiu de fazer um discurso no Portão de Brandemburgo durante uma viagem que iniciará nos próximos dias à Europa e ao Oriente Médio.

EFE |

Esse discurso era considerado um dos atos mais importantes da viagem que incluirá escalas no Reino Unido, na França e na Alemanha, além de passagens por Jordânia e Israel.

Uma fonte do comitê de campanha de Obama disse à Agência Efe que embora ainda não esteja pronta a agenda da viagem, já se sabe que não estará incluído um discurso "nesse lugar em Berlim".

No entanto, admitiu a possibilidade de que Obama discurse em algum outro lugar da cidade.

Os americanos têm uma lembrança especial de Berlim, onde há quatro décadas, em plena Guerra Fria, o então presidente John F.

Kennedy disse a sua população: "Eu sou um berlinense" ("Ich bin ein Berliner").

No entanto, as autoridades alemãs, entre elas a chanceler Angela Merkel, não viram com bons olhos a possibilidade do discurso de Obama, ao considerar um ato de política eleitoral.

O adversário de Obama nas eleições, o senador republicano John McCain, disse que o discurso seria uma tentativa de realizar um comício político no exterior. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG