Washington, 19 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, designou o presidente da área do Bronx, Adolfo Carrión, como diretor de Assuntos Urbanos da Casa Branca, informou hoje o Governo.

A Casa Branca informou, em comunicado, que Obama também nomeou Derek Douglas como seu assessor especial para Assuntos Urbanos.

"Espero trabalhar com estes talentosos líderes para dar atenção, atrasada há muito tempo, às zonas urbanas onde residem e trabalham 80% do povo americano", disse Obama, no comunicado.

Para o líder, o fortalecimento das zonas urbanas é chave, porque promovem "a inovação, o crescimento econômico e o enriquecimento cultural".

O Escritório de Assuntos Urbanos, disse Obama, se concentrará em investimentos prudentes e "no desenvolvimento de nossas áreas urbanas, que criarão emprego e oportunidades de habitação, e tornarão nosso país mais competitivo, próspero e forte".

A entidade foi criada por Obama e pelo vice-presidente, Joe Biden, com o objetivo de elaborar uma estratégia de desenvolvimento para as zonas metropolitanas e para garantir que os fundos federais nessas áreas sejam destinados a "programas de grande impacto".

As duas nomeações acontecem um dia depois de o líder americano anunciar um ambicioso plano para minimizar a crise imobiliária do país.

A maioria das vítimas de execuções hipotecárias vive em zonas urbanas nos Estados Unidos.

Carrión, nascido no Bronx e com pais porto-riquenhos, foi presidente do condado durante dois períodos e também presidiu a influente Associação Nacional de Funcionários Latinos Eleitos (Naleo, em inglês).

Como presidente do Bronx, em Nova York, Carrión supervisionou durante sete anos a criação de 40 mil unidades de habitação, 50 escolas, e despesas de infraestrutura e investimento no valor de cerca de US$ 7 bilhões, segundo a biografia divulgada pela Casa Branca.

Carrión também esteve a cargo da gestão de mais de US$ 400 milhões na construção ou renovação de parques, segundo a nota.

O funcionário está na lista de líderes hispânicos que foram nomeados por Obama a postos de alta categoria na Casa Branca.

Douglas foi advogado do governador de Nova York, David Paterson, e diretor do escritório do governador em Washington.

O novo assessor especial de Obama foi o principal arquiteto de Paterson para a elaboração de políticas federais em assuntos domésticos, econômicos e urbanos do estado de Nova York. EFE mp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.