Obama deseja que a América se inspire na mensagem de unidade de Lincoln

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prestou homenagem nesta quinta-feira ao 16º presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, por seu senso de unidade em tempos de crise e fez um apelo a que seu exemplo seja seguido, num momento em que o Congresso se prepara para votar o gigantesco pacote de estímulo econômico, defendido por ele.

AFP |

"É em seu sentido de unidade, em sua capacidade de conceber um futuro comum quando nosso país estava dilacerado, que penso hoje", disse o 44º presidente dos Estados Unidos no Capitólio, a sede do Congresso, onde foi para comemorar o bicentenário do nascimento de Lincoln.

"Embora nos apresentemos no momento nítidamente menos divididos do que na época de Lincoln, e nos debatamos novamente com questões cruciais - e muitas vezes asperamente -, lembremo-nos que somos servidores de uma mesma bandeira, enquanto que representantes de um mesmo povo", declarou Barack Obama.

"O que Lincoln jamais esqueceu, mesmo no auge da guerra de Secessão, é que apesar do que nos divide - o Norte e o Sul, os Brancos e os Negros - somos no fundo um único país e um único povo cujo liame pode se dobrar, mas não se romper", acrescentou Obama, lembrando que o 16º presidente havia se recusado a castigar os Confederados após a guerra.

chl/cha/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG