Obama cumpriu sonho de Luther King, acreditam negros dos EUA

Washington, 19 jan (EFE).- Dois terços dos negros dos EUA acham que, com a eleição de Barack Obama, o sonho de Martin Luther King de terminar com a divisão racial está cumprido.

EFE |

Segundo uma pesquisa da rede de televisão "CNN" publicada hoje, coincidindo com a comemoração do aniversário do líder dos direitos civis Martin Luther King, 69% dos negros afirmam que o sonho de King se completou nos 45 anos transcorridos desde que, em 1963, pronunciou seu famoso discurso "Tenho um Sonho".

A eleição de Obama, que toma posse amanhã, causa esta percepção, já que o número de que pensavam que o "sonho" se cumpriu dobrou desde março do ano passado, quando somente 34% dos negros pensavam assim.

Os brancos, porém, não são tão otimistas. Segundo a pesquisa de "CNN", uma maioria de brancos acredita que ainda a caminho a percorrer para tornar realidade o sonho de King, pronunciado em 1963, de ter uma nação "onde as pessoas não sejam julgadas pela cor da pele, mas pelo caráter".

Ainda assim, o número de brancos que acredita que já se realizou o desejo de King também subiu, no mesmo período, de 35% para 46%.

A pesquisa da "CNN" foi realizada entre 12 e 15 deste mês, com entre 798 brancos e 332 negros, por telefone. A margem de erro é de 3% a 4,5%. EFE mla/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG