estupidamente acadêmico de Harvard - Mundo - iG" /

Obama critica a polícia por deter estupidamente acadêmico de Harvard

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou duramente nesta quarta-feira o comportamento estúpido de policiais que detiveram um universitário negro na própria casa, ao confundi-lo com um ladrão, em um incidente que relança a questão do racismo no país.

AFP |

Em uma entrevista à imprensa, Obama foi questionado sobre a detenção, semana passada, de Henry Louis Gates, um especialista em estudos afro-americanos da Universidade de Harvard.

O professor, que havia esquecido suas chaves, forçou a porta para entrar em sua própria casa e recebeu a visita da polícia, alertada por uma vizinha que pensou que ele fosse um ladrão.

"A polícia atuou de forma estúpida ao detê-lo, quando a prova de sua inocência era que ele estava em sua própria casa", declarou o presidente.

Gates foi acusado pelos policiais de "perturbar a ordem pública". Segundo o documento, ele se negou a dar o nome e considerou os agentes racistas, exclamando: "Assim é que os negros são tratados nos Estados Unidos".

O caso do professor Gates "é um sinal de que a raça constitui um fator importante na sociedade", lembrou Obama, admitindo que "isto não ofusca em nada os avanços incríveis já feitos, e eu mesmo sou uma prova disso".

bar/eg/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG