Obama cria fórum de grandes economias sobre o clima com participação do Brasil

O presidente Barack Obama anunciou neste sábado a criação de um fórum de energia e do clima acolhendo 17 grandes economias mundiais, entre elas o Brasil, e que se reunirá em Washington no final de abril, antes de uma cúpula, em julho, na Itália, segundo um comunicado da Casa Branca.

AFP |

O fórum terá como objetivo "facilitar um diálogo franco entre as nações mais industrializadas e as em desenvolvimento, além de ajudar a criar as condições políticas necessárias para as negociações sobre mudança climática na ONU que vão acontecer em dezembro em Copenhague", precisou a presidência americana.

Uma reunião preparatória está prevista no Departamento de Estado americano, em Washington, nos dias 27 e 28 de abril, da qual participarão representantes das 16 maiores economias e o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. Depois, em julho, será organizada uma cúpula de chefes de Estado em La Maddalena, Itália.

Os envolvidos neste projeto são Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, África do Sul e União Europeia.

Ao contrário de seu predecessor, o presidente Obama já se declarou em diversas ocasiões favorável a um sistema de venda de direitos de emissão de gás carbônico, em vigor na União Europeia.

Uma maratona diplomática, marcada pela entrada em cena da nova delegação americana, começará neste domingo em Bonn, na Alemanha, com a primeira sessão de negociações da ONU sobre as mudanças climáticas, voltada à preparação de um novo acordo internacional antes de dezembro.

Para seus aliados na Convenção Marco das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (CMNUCC), a reunião será a hora da verdade, e espera-se que os Estados Unidos formalizem seu grau de compromisso.

O novo acordo deve estar pronto para o encontro de dezembro em Copenhague, e sua missão será avaliar a primeira fase do protocolo de Kyoto, que expira no final de 2012.

lum/chv/sd

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG