Obama cria equipe de interrogatório para suspeitos de terrorismo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aprovou a criação de um corpo de elite para interrogar suspeitos de terrorismo, informa o jornal Washington Post.

AFP |

De acordo com fontes anônimas do governo citadas pelo jornal, a decisão é parte de um amplo esforço para revisar e melhorar a política de detenções e interrogatório dos Estados Unidos.

A unidade, chamada de Grupo de Interrogatório de Detentos de Alto Valor (HIG na sigla em inglês), foi criada por Obama na semana passada.

A mesma será composta por especialistas de várias agências de inteligência e justiça e terá sede no FBI, completa o Post.

O grupo será supervisionado pelo Conselho de Segurança Nacional em um tentativa de afastar o controle da CIA e passá-lo à Casa Branca.

Obama se comprometeu a revisar as linhas de interrogatórios e detenções pouco depois de assumir a presidência em 20 de janeiro. O projeto incluía a criação de uma força-tarefa para estudar interrogatórios e políticas de transferência.

Os resultados das avaliações da força-tarefa serão divulgados nesta segunda-feira, mas a a recomendação da criação da HIG e outras mudanças relacionadas à forma como os prisioneiros são transferidos a outros países vazaram antes, segundo o jornal.

mk/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG