Obama convoca reunião em junho para avançar em reforma migratória

Washington, 20 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, convocou uma reunião para o próximo mês com líderes dos dois partidos do Congresso para discutir formas de avançar em uma reforma migratória este ano, disse à Agência Efe uma fonte do Governo.

EFE |

"O presidente quer discutir com os congressistas democratas e republicanos formas de avançar neste assunto, de encontrar um ponto de partida para iniciar o debate sobre a reforma ainda este ano", ressaltou a fonte, que pediu para não ser identificada.

O encontro está previsto para 8 de junho, mas a "lista final" de congressistas convidados ainda não está disponível, acrescentou.

Como já fez com outros temas prioritários para a Administração americana, Obama quer envolver no diálogo as partes interessadas na reforma migratória.

Procurado pela Efe, o porta-voz do grupo de legisladores hispânicos do Congresso, Miguel Ayala, disse não ter informações sobre a reunião.

O problema da imigração ilegal é outro dos assuntos herdados pela Administração Obama, pelo qual enfrenta fortes pressões de grupos a favor e contra a reforma migratória.

Hoje mesmo, uma comissão do Senado realizou uma audiência para discutir o problema, na qual o democrata Charles Schumer afirmou que, segundo a Patrulha Fronteiriça, o número de detenções na fronteira sul entre outubro de 2008 e 15 de maio caiu 27% em relação ao mesmo período do ano fiscal anterior.

A maioria dos democratas apoia um projeto de lei de reforma - similar ao que fracassou em 2007 - e que inclua elementos para a segurança fronteiriça e uma via para a legalização dos imigrantes clandestinos.

Mas, como fizeram em anos anteriores, grupos conservadores também mantêm sua oposição à reforma, por considerá-la uma "anistia" desmerecida para os que violaram as leis ao atravessar ilegalmente os Estados Unidos. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG