Obama conversa com Seul e Tóquio sobre teste nuclear

Washington, 25 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conversou por telefone com o presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak, e o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, para coordenar uma resposta ao teste nuclear da Coreia do Norte.

EFE |

Segundo informou a Casa Branca em comunicado, Obama ligou nesta tarde para o líder sul-coreano para "consultar e coordenar nossa reação ao teste nuclear da Coreia do Norte".

Os dois presidentes estabeleceram que "o teste foi uma imprudente violação do direito internacional, que obriga a uma resposta".

Os líderes decidiram trabalhar juntos para buscar e apoiar uma forte resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com medidas concretas para acabar com as atividades nucleares e de mísseis da Coreia do Norte.

O presidente transferiu a Lee "o compromisso dos Estados Unidos sobre a defesa da República da Coreia (do Sul)".

Obama também analisou a situação depois do teste nuclear norte-coreano com o primeiro-ministro japonês.

O líder americano ressaltou que "é uma clara violação das Resoluções do Conselho de Segurança e, portanto, justifica uma resposta coletiva da comunidade internacional".

Os dois dirigentes concordaram em que é "imprescindível" continuar com uma estreita cooperação bilateral, e decidiram intensificar a coordenação com o resto dos participantes do grupo de negociações de seis lados, do qual fazem parte as duas Coreias, China, Japão, Rússia e EUA.

A Coreia do Norte realizou na madrugada passada o segundo teste nuclear de sua história, lançando três mísseis de curto alcance, o que a ONU condenou e agora estuda a aplicação de ações. EFE elv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG