O presidente Barack Obama conversou por telefone com Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira como parte de seus esforços para desbloquear as negociações climáticas de Copenhague, informou a Casa Branca.

"O presidente Obama enfatizou ao presidente Lula a importância de que ambos países trabalhem estritamente para alcançar um acordo sólido, que permita um progresso real para elaborar uma ação global que enfrente a ameaça da mudança climática", explica o comunicado divulgado nesta quinta-feira.

"Obama enfatizou o papel-chave que o Brasil está exercendo e explicou tanto os passos que foram adotados nos Estados Unidos e seu compromisso para um acordo em Copenhague com a redução de emissões (de gases poluentes), la financiación, como com um regime transparente e internacionalmente verificável", acrescenta o texto.

Obama chega nesta sexta-feira à Cúpula do Clima de Copenhague com a certeza de ter transformado a política americana sobre mudança climática e em busca de garantias de verificação ante um eventual acordo.

Obama passará apenas algumas horas em Copenhague, mas seus assessores acreditam que sua presença é um sinal claro de que o governo dos Estados Unidos, fortemente criticado por se opor à redução das emissões poluentes no passado, se converteu agora num líder a favor da luta contra o aquecimento global.

col/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.