O presidente americano, Barack Obama, telefonou nesta terça-feira ao chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, hospitalizado após ser agredido no domingo passado por um homem com problemas mentais.

Silvio Berlusconi "recebeu esta noite um telefonema do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama", durante o qual o líder americano "perguntou sobre o estado de saúde do chefe de governo italiano e expressou seu desejo de pronto restabelecimento".

Berlusconi foi atingido no rosto por uma réplica em miniatura da catedral de Milão, durante um comício na cidade, e teve fratura no nariz, dois dentes quebrados e um corte no lábio superior.

O chefe de governo italiano receberá alta nesta quarta-feira, mas ficará afastado das atividades públicas por vários dias.

Obama aproveitou a oportunidade para agradecer a Itália por sua contribuição no Afeganistão "e pela decisão de enviar mais mil homens em 2010", destaca o comunicado da presidência italiana.

ljm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.