Obama completa sua equipe e encara desafios da energia e do meio ambiente

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, completou nesta quarta-feira a equipe que será encarregada de enfrentar os desafios energéticos e ambientais do século XXI ao nomear Tom Vilsack para a Agricultura e Ken Salazar para o Interior.

AFP |

"Para dirigir o departamento da Agricultura, não vejo ninguém melhor que Tom Vilsack", declarou Obama nesta quarta-feira durante uma entrevista coletiva.

Tom Vilsack, 58 anos, já foi o governador de Iowa, um estado responsável por grande parte da produção agrícola dos Estados Unidos.

Uma das principais missões de Vilsack na Agricultura será acompanhar a evolução dos biocombustíveis, acusados de contribuir para a deterioração da crise alimentar.

Obama destacou que Vilsack promoveu em seu estado de Iowa "o desenvolvimento de biotecnologias para ajudar nossos agricultores e incentivar uma economia do futuro, que não cultive apenas o que comemos mas também a energia que utilizamos".

"Tom entende que a solução para nossa crise da energia não será encontrada nos campos de petróleo do exterior, mas em nossas plantações agrícolas, na nossa casa", afirmou.

Assim que assumir, Vilsack também terá que acompanhar a aplicação da lei aprovada pelo Congresso americano em junho passado, que liberou uma verba de cerca de 290 bilhões de dólares em cinco anos para programas alimentares e subsídios agrícolas.

Esta lei, para a qual o Congresso passou por cima do veto do presidente George W. Bush, ainda não foi completamente aplicada.

Além disso, a agricultura vai continuar sendo um elemento fundamental das negociações sobre a liberalização do comércio mundial lançadas em 2001 em Doha.

Tom Vilsack foi um dos adversários de Obama na corrida à indicação democrata para a Casa Branca, mas desistiu logo no começo da campanha, no início de 2007.

Vilsack vai substituir Ed Schafer, secretário da Agricultura desde janeiro deste ano.

Na mesma entrevista coletiva, estava presente Ken Salazar, 53 anos, o senador de Colorado (oeste dos EUA) designado para o cargo de secretário do Interior. Salazar substituirá Dirk Kempthorne.

A missão deste ministério é gerenciar os recursos naturais e supervisionar o trabalho das agências nacionais como o departamento da organização do território, os parques nacionais ou o Instituto de Geofísica Americano (USGS).

"Poucas pessoas são tão qualificadas para encarar os desafios da energia e dos recursos do século XXI", declarou Obama nesta quarta-feira, referindo-se ao futuro secretário do Interior.

Com a nomeação de Salazar, foi completada a equipe que será encarregada de enfrentar os desafios ambientais na futura administração Obama. O presidente eleito apresentou segunda-feira sua futura equipe da energia e do clima, que inclui o prêmio Nobel de física Steven Chu como secretário da Energia.

A cadeira liberada por Obama no Senado deve ser objeto de uma dura batalha. O governador democrata de Colorado, Bill Ritter, será o encarregado de escolher o substituto.

emp/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG