Obama comemora aprovação do plano de estímulo econômico

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comemorou neste sábado a aprovação no Congresso do plano de estímulo econômico no valor de US$ 787 bilhões, e enfatizou que ainda há muito caminho a percorrer para a recuperação. Este passo histórico não é o final do que faremos para re-encaminhar nossa economia, disse Obama, em seu discurso no rádio aos sábados.

EFE |

Obama, que está há pouco mais de três semanas na Casa Branca, citou um pedido do ex-presidente John F. Kennedy para descrever o momento: "Não rezemos por vidas fáceis. Rezemos para ser mais fortes. Não peçamos tarefas à par de nossas forças. Oremos por forças ao tamanho de nossas tarefas".

Obama lembrou que "a crise econômica afeta as pessoas em todo o país, há comerciantes que têm que fechar os negócios que lhes custou muito iniciar, famílias perdem suas casas, e muitos perderam a esperança de ir em frente".

"Esta manhã, quero dizer que, após um debate pleno de saudáveis diferenças de opinião, obtivemos um progresso real e tangível para os americanos", acrescentou.

O presidente não disse quando promulgará o programa econômico, mas fontes de seu Governo indicaram que poderia ser na segunda-feira.

Leia mais sobre crise financeira

    Leia tudo sobre: barack obamacrise financeiraobama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG