Washington, 29 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou hoje os atentados terroristas que mataram mais de 30 pessoas em Moscou e enviou suas condolências ao povo russo.

Obama classificou os ataques como "cruéis" e afirmou que os Estados Unidos são solidários ao povo russo no repúdio à violência extremista, segundo um comunicado distribuído pela Casa Branca.

Nesta segunda-feira, pelo menos 37 pessoas morreram e 65 ficaram feridas em dois atentados cometidos em diferentes estações do metrô da capital russa. EFE jab/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.