ameaça e quer aumentar pressão - Mundo - iG" /

Obama chama Irã de ameaça e quer aumentar pressão

WASHINGTON (Reuters) - O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, disse na quarta-feira que o Irã é uma grande ameaça e pediu sanções mais severas contra o país, depois dele ter testado nove mísseis. O Irã é uma grande ameaça. Temos de garantir que estamos trabalhando com nossos aliados para aplicar maior pressão sobre o Irã, disse o senador por Illinois, que enfrenta o republicano John McCain nas eleições de novembro, no programa Good Morning, America, da rede ABC.

Reuters |

O Irã informou que testou os mísseis para avisar aos Estados Unidos e a Israel que está pronto para responder a qualquer ataque relacionado a seus projetos nucleares.

Obama disse que, se for eleito presidente, vai combinar diplomacia mais direta com a ameaça de sanções mais severas.

'Acho que isso demonstra a necessidade de criarmos um tipo de política que faça com que o Irã mude seu comportamento e, francamente, não fomos capazes de fazer isso nos últimos anos', disse Obama no programa 'Early Show', da CBS.

Obama citou relatórios que mostram que as exportações norte-americanas ao Irã aumentaram durante a administração de George W. Bush, apesar da retórica mais pesada.

(Por Andy Sullivan e Vicki Allen)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG