Obama, Brown e Sarkozy denunciam nova usina iraniana e ameaçam com sanções

Os presidentes americano Barack Obama e francês Nicolas Sarkozy, assim como o primeiro-ministro britânico Gordon Brown, denunciaram nesta sexta-feira a construção de uma segunda usina de enriquecimento de urânio no Irã e ameaçaram o regime de Teerã com novas sanções.

AFP |

O Irã informou à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que está construindo uma segunda central de enriquecimento de uranio, além da já existente em Natanz, anunciou o organismo da ONU em Viena.

A existência desta segunda instalação, que foi ocultada "durante anos", não é compatível com um programa civil, denunciou Obama em uma declaração conjunta com os colegas europeus, à margem da reunião do G20.

Sem mudanças na atitude do regime de Teerã, o país fica exposto a sanções, declarou Sarkozy.

A Grã-Bretanha é partidária de sanções mais severas, completou em seguida Brown.

bur/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG