Obama ataca McCain sobre sua posição na crise econômica

O democrata Barack Obama disse, nesta quarta-feira, que votar em seu adversário, o republicano John McCain, na eleição presidencial da próxima terça, será um voto contra a deteriorada classe média e a favor dos endinheirados e bem relacionados das altas esferas.

AFP |

Dirigindo-se a 28.000 correligionários em Raleigh (Carolina do Norte), Obama insistiu em que a economia é o tema determinante da histórica eleição do dia 4 e ironizou as críticas de McCain, que classificou sua política de impostos de "socialistas".

"No final de semana, ele vai me acusar de ser um comunista disfarçado por ter dividido meus brinquedos no Jardim de Infância", disse o senador por Illinois.

"Durante oito anos, vimos como Washington se preocupava com os mais endinheirados e bem relacionados e, agora, meu rival está expondo os mesmos velhos argumentos para justificar as mesmas velhas políticas que resultaram na deterioração da classe média", declarou, em um grande comício no disputado estado da Carolina do Norte.

"Ele quer dar mais aos multimilionários, mais às empresas que deslocalizam empregos, mais às pessoas cuja ambição e irresponsabilidade nos levaram a essa crise", completou.

jit/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG