guerra ao terrorismo de Dick Cheney gerou ódio aos EUA - Mundo - iG" /

Obama: guerra ao terrorismo de Dick Cheney gerou ódio aos EUA

Para o presidente Barack Obama, a guerra contra o terrorismo do agora ex-vice-presidente Dick Cheney exacerbou o sentimento antiamericano e não tornou os Estados Unidos mais seguros - de acordo com trechos antecipados de sua entrevista à rede CBS que será transmitida no domingo à noite.

AFP |

"Quantos terroristas foram realmente levados à Justiça, graças à 'filosofia' promovida por Dick Cheney? Isso não deu segurança aos Estados Unidos. O que fez foi promover o sentimento antiamericano", declarou Obama, nessa entrevista ao programa "60 Minutes".

No domingo passado, Cheney, que foi por oito anos vice-presidente de George W. Bush, acusou Obama de ter deixado o país mais vulnerável, ao voltar a falar sobre os métodos de detenção e interrogatório, aos quais são submetidos os suspeitos de terrorismo, e considerou "um erro" o fechamento do presídio de Guantánamo.

Obama disse ainda que os Estados Unidos não haviam conseguido impedir que os detentos soltos voltassem às filas terroristas, mas considerou que o tratamento em Guantánamo, por parte da Administração Bush, não era "viável".

cha/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG