cogita dar cargo de alto escalão para Hillary - Mundo - iG" /

Obama cogita dar cargo de alto escalão para Hillary

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, se encontrou com a ex-rival democrata Hillary Clinton para discutir a possibilidade de oferecer à senadora um cargo no primeiro escalão de seu governo, de acordo com relatos da imprensa americana. Os rumores sobre a formação do governo de Obama têm sido intensos nos Estados Unidos e alguns deles indicam que Hillary poderia se tornar secretária de Estado.

BBC Brasil |

A senadora se recusou a comentar a possibilidade, e a equipe de transição de Obama não confirmou a informação sobre um possível convite a Hillary.

"Não vou especular ou comentar nada a respeito do futuro governo do presidente eleito", disse a senadora. "Vou respeitar o processo, e qualquer pergunta deve ser direcionada à equipe de transição."
Hillary e Obama travaram uma longa e, em determinados momentos, tensa disputa pela indicação como candidato do Partido Democrata à Casa Branca.

Mas, depois de perder a indicação nas primárias, Hillary apoiou a candidatura de Obama e fez campanha pelo agora presidente eleito.

Encontro com McCain
A possibilidade de Hillary fazer parte do novo governo já provoca reações de empolgação entre os democratas.

"Ela provavelmente conhece todos os principais líderes estrangeiros", disse o governador democrata Jon Corzine, de Nova Jersey, à MSNBC.

"Já há uma relação em que ela pode se sentar e conversar de maneira direta sobre os problemas que existem de forma bilateral ou multilateral", acrescentou.

Assessores afirmam que, na próxima segunda-feira, Obama também vai se encontrar com o candidato republicano derrotado nas eleições presidenciais, John McCain.

O encontro será realizado na sede da equipe de transição do futuro governo de Obama, em Chicago, segundo a porta-voz Stephanie Cutter.

O congressista Rahm Emanuel, nomeado por Obama para o cargo de chefe de gabinete, e o senador republicano Lindsey Graham, muito próximo de McCain, também participarão do encontro, segundo Cutter.

A porta-voz afirmou que a reunião vai ter como principal foco a discussão de uma cooperação bipartidária.

"É bem sabido que eles compatilham uma importante crença de que os americanos querem e merecem um governo mais efetivo e eficiente, e vão discutir maneiras de trabalhar juntos para tornar isso uma realidade", disse Cutter.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG