Obama apoia acordo de cooperação nuclear com Emirados Árabes

Washington, 21 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apoiou hoje o acordo de cooperação nuclear civil com os Emirados Árabes Unidos (EAU) ao enviá-lo ao Congresso, que terá três meses para revisá-lo, informou hoje o Departamento de Estado.

EFE |

O acordo com os EAU foi alcançado durante o Governo do ex-presidente George W. Bush, que o aprovou mas deixou para Obama a decisão de enviar ou não o pacto para sua ratificação no Congresso.

Obama decidiu levar adiante o acordo ao concluir que ele "promoverá a defesa e a segurança comum", e representa um risco.

O chefe de Estado americano até quis assinar o acordo antes, mas alguns legisladores expressaram sua preocupação a respeito, por considerar que os EAU não dispõem de garantias legais suficientes para impedir que uma tecnologia nuclear sensível acabe em mãos ou países errados.

O presidente também não pôde despachar antes o tratado porque começou a circular nos EUA um vídeo em que um xeque do emirado de Abu Dhabi aparece dando uma surra num empresário afegão.

O Governo disse que o vídeo e o acordo são duas coisas diferentes e que a polêmica em torno da violência mostrada por um membro da família real dos EAU não deve impedir sua assinatura.

O acordo estabelecerá " firme fundamento para uma cooperação em matéria de energia nuclear civil que beneficiará ambas as partes e que servirá como modelo para o desenvolvimento de energia nuclear responsável", informou o Departamento de Estado americano. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG