WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mostrou hoje satisfação com o progresso conseguido pelos democratas no Senado para aprovar o projeto de reforma no sistema de saúde.

Em um ato na Casa Branca, o presidente americano, que retornou na noite passada de Copenhague, afirmou que "após meio século de luta" se está "prestes a conseguir a reforma da cobertura médica nos EUA".

Segundo Obama, "ainda há muito por fazer", mas as conquistas das últimas horas "representam um grande passo adiante".

"Parece que o povo americano poderá ter a votação que merece sobre uma reforma genuína que oferece segurança aos que já contam com um seguro médico e opções acessíveis para os que carecem dele", afirmou.

Obama aludia assim ao anúncio do senador Ben Nelson de que apoiará a reforma, o que dá à maioria democrata no Senado os 60 votos que precisa, de um total de 100, para aprovar finalmente a reforma.

Leia mais sobre Saúde nos EUA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.