Obama anuncia regras para redução de emissões poluentes

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta terça-feira um plano de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa que deverá estabelecer pela primeira vez um padrão de limites de poluição para veículos no país.

Redação com agências internacionais |

Reuters
Obama anuncia as novas regras em pronunciamento na Casa Branca

Obama anuncia as novas regras em pronunciamento na Casa Branca

As novas regras, que passarão a valer a partir de 2012, preveem corte de 30% nas emissões de automóveis e caminhões leves até 2016. Os veículos também deverão apresentar um padrão de eficiência de 15 km por litro de combustível.

O novo plano deverá representar uma economia de 1,8 bilhão de barris de petróleo até 2016 e será o equivalente a tirar 177 milhões de carros das ruas, diz a Casa Branca.

O preço de novos veículos deve aumentar em pelo menos US$ 1,3 mil (cerca de R$ 2.670) até 2016 com os novos padrões de eficiência.

Obama falou sobre o acordo histórico, em declaração na Casa Branca, na presença dos dirigentes dos grandes construtores automobilísticos presentes nos EUA, de defensores do meio ambiente e de dirigentes políticos.

"Pela primeira vez na história, adotamos uma política visando tanto a melhorar o consumo por litro quanto a reduzir as emissões de gás causadores do efeito estufa dos carros particulares e das pick-ups vendidas nos EUA", disse.

Segundo o correspondente da BBC em Washington, Jonathan Beale, Obama fez do combate às mudanças climáticas uma prioridade.

A indústria automobilística dos Estados Unidos vinha resistindo às mudanças. No entanto, diante da crise econômica e do fato de ter de contar com ajuda do governo, as companhias passaram a apoiar as novas regras.

O plano apresentado por Obama ainda deverá ser aprovado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos e pelo Departamento de Transportes.

(Com informações da BBC Brasil e da AFP)

Leia mais sobre poluentes

    Leia tudo sobre: indústria automobilística

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG