Obama anuncia preferência por vira-lata na Casa Branca

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou nesta terça-feira a promessa feita às suas filhas de adquirir um cachorro, afirmando que tem preferência por um animal abandonado e resultado de um cruzamento de raças, assim como ele.

AFP |

Filho de um queniano e de uma americana, Obama é o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos.

"Nossa preferência seria recolher um cachorro abandonado. Muitos desses animais recolhidos são procedentes de cruzamentos de raças, como eu", explicou o novo presidente em Chicago (norte dos EUA), na primeira entrevista coletiva desde sua eleição, na terça-feira.

Ele destacou que sua filha mais velha, Malia, é alérgica aos pêlos de cães, frisando que o novo morador canino da Casa Branca deverá ser "hipoalergênico". "Algumas raças têm essa característica", afirmou.

"Vamos pesar os prós e os contras, mas é uma questão que exige uma resolução urgente", brincou.

Obama admitiu que este assunto foi um dos principais temas de discussão dos últimos dias no site www.change.gov, criado pela equipe do novo presidente para o período de transição.

Na noite de terça-feira, durante seu discurso em Chicago, Obama agradeceu a sua mulher, Michelle, pelo apoio, e prometeu às filhas Malia, 10 anos, e Sasha, sete, que elas ganhariam um cachorrinho para comemorar a entrada na Casa Branca, em 20 de janeiro.

Quase todos os presidentes americanos tiveram cães na Casa Branca. Barney, o scottish terrier de George W. Bush e de sua esposa Laura, ganhou destaque na imprensa americana desta sexta-feira ao morder o dedo de um jornalista na véspera, suscitando comentários segundo os quais ele não estaria feliz de deixar a residência presidencial.

fka/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG