Washington, 26 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que nos próximos dias anunciará um plano de resgate para o setor automobilístico americano, o qual estará condicionado a uma reestruturação profunda desta indústria.

"Nos próximos dias, farei vários anúncios sobre a indústria automotiva", disse Obama num bate-papo com internautas na Casa Branca.

"Vamos dar ajuda (ao setor). Já sei que (esta medida) não é popular (...), mas meu trabalho é avaliar os custos de permitir que estas empresas quebrem e a possibilidade de elas apresentarem um plano viável", declarou.

Atualmente, acrescentou, o modelo de negócio do setor automotivo americano "não é viável" e é preciso uma reforma profunda.

"Se (as empresas) não estiverem dispostas a fazer as mudanças e as reestruturações necessárias, não estou disposto a desperdiçar o dinheiro do contribuinte", declarou o presidente americano, segundo quem, o plano de resgate, portanto, "dependerá da vontade (do setor) em adotar mudanças bastante drásticas, algumas até dolorosas".

Por sua vez, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que o plano será anunciado antes de Obama partir, na próxima terça-feira, em sua primeira viagem à Europa como presidente dos Estados Unidos. EFE mv/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.