(embargada até 9h de Brasília deste sábado, 17 de janeiro) Washington, 17 jan (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, alertou hoje os americanos que tempo difíceis estão sendo enfrentados, mas reiterou sua esperança em uma recuperação.

Em seu último discurso por rádio antes de tomar posse na próxima terça-feira, Obama disse que "são tempos de grandes desafios para o povo americano".

"Dias difíceis esperam por nós e enfrentaremos tempos ainda mais complicados", assinalou Obama, ao aludir à crise econômica e aos conflitos em Iraque e Afeganistão.

"Nossa nação está em guerra. Nossa economia está com problemas e há muito mais trabalho a fazer para restaurar a paz e desenvolver nossa prosperidade", reafirmou.

Segundo Obama, "todos os americanos tem nas mãos a promessa de um começo novo".

Em discurso em que refletiu sobre o significado de sua posse, Obama disse que essas cerimônias nunca sofreram alterações e aconteceram tanto em momentos de paz como de guerra.

"Nossa democracia passou por muitas mudanças e nossa gente avançou na busca por uma união mais perfeita, mas o que sempre se manteve é a transição do poder de maneira pacífica e ordenada", ressaltou.

Obama também falou para o presidente George W. Bush e seu Governo, agradecendo pela cooperação e ajuda durante a transição.

"Estenderam a mão a nós para cooperar e deram assistência crucial a minha equipe enquanto nos preparamos para começar", comentou. EFE ojl/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.