O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu nesta sexta-feira ajudar a indústria automobilística americana diante da forte erosão da demanda para as três principais montadoras do país, em meio à crise econômica.

"Decidi que a equipe de transição terá de trabalhar sobre novas medidas para ajudar a indústria de automóveis a se adaptar" à queda na demanda, declarou Barack Obama, em sua primeira entrevista coletiva desde sua vitória, na terça-feira.

"A indústria automotora é a coluna vertebral da indústria americana e tem um papel fundamental em nossa tentativa de reduzir nossa dependência do petróleo estrangeiro", acrescentou.

Obama disse esperar que o "governo faça todo o possível para acelerar (a distribuição) a ajuda para a renovação dessa indústria já adotada pelo Congresso".

No início de setembro, o Congresso aprovou uma partida de 25 bilhões de dólares em empréstimos com juros baixos para que a indústria americana produza modelos mais econômicos e ecológicos.

fka/tt/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.