Obama afirma que seus planos sobre Iraque não mudaram

O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, voltou a dizer nesta quinta-feira que seu plano de retirada das tropas americanas do Iraque não mudou.

AFP |

As tentativas de Obama de esclarecer sua política sobre o Iraque, antes de viajar à zona de conflito, tiveram como conseqüência uma resposta espetacular da campanha do candidato republicano, John McCain, grande defensor dos atuais esforços de guerra.

Obama participou de duas entrevistas coletivas em Dakota del Norte, numa tentativa de dissipar a informação que o acusava de ter "amenizado" sua proposta de trazer todas as tropas de volta para casa em 16 meses.

"Não vi nenhuma informação que contradiga a idéia de que podemos trazer nossas tropas de forma segura, no ritmo de uma a duas brigadas por mês", disse Obama.

"Essa é a mesma posição que eu defendia há quatro meses, é a mesma que eu tinha há oito meses. É a mesma posição que tinha há 12 meses".

"Em meu primeiro dia como presidente, reunirei minha equipe e lhes darei uma nova missão, e isso será terminar esta guerra".

Obama também acusou os jornalistas de acreditar nas coisas ditas por McCain.

col/ap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG