Obama afirma que Islã é parte dos Estados Unidos

O presidente americano, Barack Obama, afirmou nesta terça-feira que o Islã é parte integral dos Estados Unidos, durante um jantar na Casa Branca com representantes muçulmanos, após o jejum do Ramadã.

AFP |

Obama lembrou que "para milhões de muçulmanos o Ramadã é um momento de intensa devoção e reflexão", ao falar às pessoas reunidas no State Dining Room.

"O Iftar desta noite é um ritual que leva o Ramadã às salas de jantar e às mesquitas dos 50 estados". "O Islã é parte dos Estados Unidos (...) e os muçulmanos americanos são uma comunidade de extraordinário dinamismo e diversidade", disse Obama.

O presidente, cujo pai era muçulmano, defendeu "ações concretas" para se retomar os laços entre os Estados Unidos e os países islâmicos.

"Quero reafirmar meu compromisso com uma nova era nas relações entre Estados Unidos e os muçulmanos de todo o mundo", destacou Obama em um vídeo dirigido aos 1,5 bilhão de muçulmanos do planeta por ocasião do mês do Ramadã.

Leia mais sobre: Obama - islã

    Leia tudo sobre: casa brancaislamismoobama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG