problema maior - Mundo - iG" /

Obama admite que Guantanamo é problema maior

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, admitiu neste sábado que está tratando de resolver a questão dos presos de Guantánamo que não podem ser julgados ou libertados, admitindo que este é um dos problemas maiores de seu governo.

AFP |

Em entrevista ao canal de televisão C-Span, Obama sugeriu que será preciso um esforço bipartidário para se criar uma estrutura legal e institucional para julgar estes detidos.

"É uma situação complicada. Não é fácil", estimou o presidente americano.

Obama destacou que o problema surgiu de "decisões inadequadas" tomadas pela administração precedente imediatamente após os atentados de 11 de setembro de 2001, "porque as pessoas estavam aterrorizadas".

"Penso que pegamos muitos atalhos e tomamos decisões contrárias ao que somos como Nação".

"Temos muita gente lá (em Guantánamo) que deveria ter sido julgada antes, mas não fizemos isto. Em alguns casos, as provas contra eles já estão comprometidas", destacou o presidente.

"São perigosos e não podem ser libertados, mas encontrar uma solução para isto será um dos nossos maiores problemas".

Obama acredita na possibilidade de se julgar estes presos em comissões militares ou tribunais civis nos EUA, respeitando a lei.

jm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG