Obama admite que ainda fuma de vez em quando

Washington, 23 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, admitiu hoje que ainda fuma de vez em quando, embora tenha garantido não ser um consumidor diário de cigarros.

EFE |

Em extensa entrevista coletiva na Casa Branca, a quarta que concedeu sozinho desde sua chegada ao poder, Obama assegurou que está "95% curado" do vício, mas, em algumas ocasiões, "caiu em tentação".

Nesta segunda-feira, o presidente americano sancionou uma dura lei contra o tabaco que impõe sérios limites à publicidade dos produtos derivados dessa matéria-prima.

Durante sua campanha eleitoral, Obama reconheceu em várias ocasiões quão duro é abandonar o hábito e recorreu aos chicletes de nicotina para não fumar.

O presidente dos EUA ressaltou que não consome cigarros diante de sua família ou de suas filhas, Malia, de 10 anos, e Sasha, de 8.

Segundo ele, o tabagismo é uma dependência similar ao alcoolismo, no sentido de que representa "uma luta constante".

Por isso, Obama disse considerar muito importante a lei que promulgou na segunda-feira, porque não quer que crianças "sigam esse caminho". EFE mv/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG