calúnias - Mundo - iG" /

Obama acusa McCain de fazer calúnias

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, acusou seu rival, o republicano John McCain, de querer se concentrar em calúnias pessoais em vez de falar sobre conteúdo. Obama fez o comentário um dia depois que a candidata a vice de McCain, Sarah Palin, o acusou de ter ligação com terroristas.

BBC Brasil |

Em um comício na Carolina do Norte, o democrata disse que McCain está ignorando a atual crise financeira global e se concentrando em ataques desonrosos contra ele.

E disse que iria continuar a concentrar sua campanha em lutar pela classe média e pelo crescimento da economia.

Durante um discurso no sábado, Palin se referiu à relação de Barack Obama com William Ayers, um dos fundadores do grupo Weather Underground, que lançou uma campanha violenta contra a guerra do Vietnã e foi acusado por uma série de explosões nos EUA na década de 60.

Obama era criança quando o grupo era ativo, mas foi parceiro do atual professor da Universidade de Illinois em uma equipe de conselheiros de uma instituição de caridade.

O democrata negou qualquer associação com Ayers ou suas idéias, dizendo que os comentários de Palin eram ofensivos e falsos.

Leia mais sobre: Obama - McCain

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG