Obama abre 7 pontos de vantagem sobre McCain

WASHINGTON - O democrata Barack Obama abriu 7 pontos de vantagem sobre o republicano John McCain a cinco dias da eleição presidencial norte-americana, segundo pesquisa Reuters/C-SPAN/Zogby divulgada na quinta-feira.

Reuters |

Obama tem 50 por cento da preferência dos prováveis eleitores, contra 43 por cento de McCain, aumentando a vantagem de 5 pontos que tinha na véspera. A pesquisa ouviu 1.202 pessoas por telefone entre segunda e quarta-feira e tem margem de erro de 2,9 pontos percentuais.

É o segundo dia seguido que a vantagem de Obama sobre McCain aumenta e o republicano tem sofrido para ficar à frente do democrata em todas as pesquisas nacionais e em Estados-chave na disputa eleitoral norte-americana.

"Isso não é boa notícia para McCain. A disputa estava ficando apertada por alguns dias, mas agora está ficando de outra maneira", disse o especialista em pesquisas John Zogby.

Obama manteve ou ampliou sua vantagem entre blocos cruciais do eleitorado, com 19 pontos de frente entre os independentes, 10 pontos entre as mulheres, 9 pontos entre os católicos e 7 pontos entre os eleitores com mais de 65 anos.

O democrata ultrapassou McCain, senador pelo Arizona, entre o eleitorado masculino, abrindo 5 pontos de vantagem. McCain ainda lidera por 8 pontos entre os eleitores brancos. Ele, no entanto, tem só 30 por cento de apoio dos hispânicos, um grupo em expansão que deu 40 por cento de apoio ao presidente George W. Bush na eleição de 2004.

O independente Ralph Nader ficou com 2 por cento de apoio e o libertário Bob Barr com 1 por cento. Cerca de 2 por cento declarou-se indeciso.

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG