O único autor sobrevivente dos atentados em Mumbai se declara culpado

O único sobrevivente do comando islamita paquistanês que, em novembro de 2008 realizou uma série de atentados de grande envergadura em Mumbai, capital econômica da Índia, admitiu pela primeira vez sua culpa nos fatos.

AFP |

Mohammed Ajmal Kasab, ou 'Kasab', de 21 anos, pediu ao tribunal de Mumbai, onde está sendo julgado, o uso da palavra para confessar sua participação nos atentados realizados de 26 a 29 de novembro, e que deixaram 174 mortos (incluindo novo dos dez atacantes), indicou a televisão indiana NDTV.

Kasab, cujo julgamento teve início em abril, havia se declarado inocente e negado todas as acusações a ele atribuídas, entre elas a de "atos de guerra" contra a Índia.

phz/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG