O presidente afegão destitui o ministro da Justiça, seu adversário declarado

O presidente afegão Hamid Karzai anunciou nesta quarta-feira a destituição do ministro da Justiça, Abdul Jabar Sabet, que havia comunicado sua intenção de se candidatar às eleições presidenciais de 2009.

AFP |

Karzai explicou em um comunicado que a proclamação da candidatura de Sabet "equivale a uma demissão", já que um ministro da Justiça tem de ser imparcial e livre de qualquer envolvimento político.

Sabet, de 62 anos, denunciou a medida com anticonstitucional e afirmou que tem direito de permanecer em exercício até 45 doas das eleições. "O presidente tem medo de mim e sabe que tenho o apoio do povo afegão", afirmou Sabet.

A Constituição afegã impede que o ministro da Justiça, assim como policiais e militares, participem em atividades políticas, explicou à AFP Nasrula Stanikzai, professor de ciências políticas da Universidade de Cabul.

sak-wm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG