O homem cuja identidade Karadzic roubou vive na Sérvia

Dragan Dabic, cuja identidade o ex-chefe dos sérvios da Bósnia, Radovan Karadzic, assumiu por ser procurado pela justiça internacional por genocídio, vive em Ruma (noroeste da Sérvia), informou nesta quinta-feira um ministro sérvio à agência Beta.

AFP |

"Averiguamos que todos os dados do documento de identidade do cidadão Dragan Dabic são idênticos aos que figuram na carteira de identidade utilizada por Karadzic", afirmou Rasim Ljajic, ministro encarregado da cooperação co o Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPI).

Segundo Ljajic, a carteira de identidade foi tirada em 20 de abril de 1999 em Ruma e o verdadeiro Dragan Dabic nasceu em Han Pijesak, leste da Bósnia.

"A foto é a única diferença entre as duas carteiras", acrescentou.

Segundo a agência Tanjug, o verdadeiro Dragan Dabic nasceu em 1942, é um aposentado, casado e pais de dois filhos.

"Esta é minha única semelhança com Karadzic", afirmou Dabic a Tanjug, enfatizando que não se parece em nada com o ex-chefe político dos sérvios-bósnios.

Radovan Karadzic burlou as autoridades que o procuravam há 13 anos ao adotar uma exótica aparência de guru - barba e cabelos longos e brancos - e fazendo-se passar por Dragan Dabic, especialista em medicina alternativa.

A imprensa sérvia chegou a afirmar que esse nome correspondia ao de um soldado nascido em 1954 e morto em 1993 em Sarajevo.

sm/mat/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG