O chefe do judiciário iraniano lança apelo de unidade em torno de Ahmadinejad

O chefe do poder judiciário no Irã lançou nesta terça-feira um apelo à unidade entre os diferentes grupos políticos, na véspera em que o presidente reeleito Mahmud Ahmadinejad prestará juramento ante o parlamento.

AFP |

"Espero que todos os dirigentes permaneçam unidos e que ajam da melhor forma pela Revolução", afirmou o aiatolá Mahmud Hachemi Shahroudi, chefe do judiciario e importante membro do clero, citado pela agência Isna.

O presidente reeleito fará seu juramento na presença de chefes militares e diplomatas. Ele deverá formar um novo gabinete em um clima de tensão com a oposição que contesta sua reeleição.

Na segunda, o guia supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, confirmou a reeleição de Ahmadinejad em uma cerimônia sem a presença da oposição e durante a qual afirmou que a vitória do atual presidente foi a vitória da luta contra a arrogância e a favor da justiça, informou a televisão estatal.

O guia surpremo ainda destacou a "votação sem precedentes" dos iranianos em favor de Ahmadinejad, a quem classificou de "homem corajoso, trabalhador e inteligente".

"O que assistimos ontem deu uma legitimidade divina ao presidente", sentenciou nesta terça um editorial do jornal Kayhan, que é a principal publicação conservadora do Irã.

hif-jds/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG