N.Zelândia busca passageiros com suspeita de gripe suína

Sydney (Austrália), 27 abr (EFE).- Autoridades sanitárias da Nova Zelândia buscam hoje por centenas de passageiros que viajaram junto com os estudantes que retornaram no sábado do México e poderiam ter contraído a temida gripe suína.

EFE |

O objetivo é encontrar as outras 364 pessoas que também viajaram nesse dia no voo da Air New Zealand entre Auckland e Los Angeles (EUA), declarou à rádio nacional a diretora dos serviços médicos da cidade neozelandesa.

O primeiro-ministro, John Key, assegurou que o país está preparado para enfrentar uma epidemia, e guarda 1,4 milhão de doses da vacina Tamiflu.

Dez estudantes do grupo que viajou ao México podem ter sido contaminados pelo vírus, reconheceu ontem o ministro da Saúde neozelandês, Tony Ryall.

Ryall disse que ainda não há confirmação oficial sobre seus casos, mas exames deram positivo para um vírus gripal que contém a cepa de origem animal H1N1.

Nenhum deles está gravemente doente e aparentemente estão se recuperando.

Os resultados das análises de laboratório serão divulgados nesta semana.

Os afetados pertencem à expedição de 25 alunos universitários e três professores que foram postos em quarentena após sua chegada no sábado do México.

Outro grupo que retornou esta manhã do México foi isolado como medida de precaução, após ter mostrado sintomas parecidos aos da gripe.

Vários Governos da Ásia e Oceania declararam alerta diante da possibilidade de o vírus chegar a seus países procedente dos Estados Unidos e México, onde já matou dezenas de pessoas. EFE aus/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG