uma mensagem de texto a seus partidários, que será enviada provavelmente na manhã de quarta-feira e seguida por uma visita do candidato à vice-presidência a alguns Estados americanos, afirmaram seus assistentes." / uma mensagem de texto a seus partidários, que será enviada provavelmente na manhã de quarta-feira e seguida por uma visita do candidato à vice-presidência a alguns Estados americanos, afirmaram seus assistentes." /

Vice de Obama já foi escolhido, garantem assessores

WASHINGTON - O senador Barack Obama já decidiu quem será seu parceiro na disputa eleitoral à presidência e criou um elaborado plano para revelar sua identidade, começando com http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/08/18/obama_promete_revelar_seu_parceiro_de_disputa_atraves_de_sms_1575433.html target=_topuma mensagem de texto a seus partidários, que será enviada provavelmente na manhã de quarta-feira e seguida por uma visita do candidato à vice-presidência a alguns Estados americanos, afirmaram seus assistentes.

The New York Times |

Ainda assim, a escolha de Obama permanece um mistério. Os representantes do candidato dizem que apenas meia dúzia de pessoas estiveram envolvidas nas deliberações finais, numa tentativa de garantir uma ordem que Obama deu à equipe: sua decisão não deve vazar até que seus partidários sejam notificados.

Até a noite de segunda-feira, Obama não havia notificado sua decisão ao escolhido (ou aos que não foram escolhidos), disseram os representantes. Supostamente, Obama se concentrou em três candidatos: o senador Evan Bayh , de Indiana, o governador Tim Kaine, da Virgínia, e o senador Joseph R. Biden Jr., de Delaware.


Evan Bayh, Tim Kaine e Joseph Biden / Arquivo

Alguns democratas dizem que ainda esperam que ele escolha a senadora Hillary Rodham Clinton, de Nova York, ou a governadora Kathleen Sebelius, de Kansas.

Obama deve escolher alguém relativamente seguro e evitará se arriscar ao optar por uma pessoa que mude a cara do jogo. Os conselheiros de Obama disseram que ele chegou à decisão durante suas férias no Havaí. Eles dizem que a escolha marca o final de um processo inesperadamente intenso, que se acumulou porque ele não queria começar a vetar potenciais parceiros de disputa antes que Clinton abandonasse a disputa das primárias.

A equipe de trabalhadores e assistentes envolvidos no planejamento da revelação (planejada para unir os eleitores democratas quando Obama chegar a Denver para a convenção do partido na semana que vem) ainda não sabem a identidade do escolhido.

Se tudo seguir de acordo com o planejado, o anúncio será feito através de mensagens de texto e e-mails aos partidários do candidato durante a manhã, a tempo do jornal matinal e de pautar todo o noticiário do dia.

Obama e seu novo parceiro de disputa irão então dar início a uma viagem pelo país. De acordo com os planos, os dois estarão juntos a maior parte do tempo entre o anúncio e a chegada de Obama a Denver, uma semana depois.

Os assistentes dizem que o anúncio acontecerá entre a manhã de quarta-feira e a tarde de sexta-feira.

Por ADAM NAGOURNEY e JEFF ZELENY

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG