se apresentou à América, sob incansáveis aplausos da platéia da Convenção Nacional Republicana, na noite de quarta-feira como uma mãe que acompanha os filhos ao (jogo de) hockey e é tão qualificada quanto o indicado democrata, o senador Barack Obama, para ser presidente dos Estados Unidos." / se apresentou à América, sob incansáveis aplausos da platéia da Convenção Nacional Republicana, na noite de quarta-feira como uma mãe que acompanha os filhos ao (jogo de) hockey e é tão qualificada quanto o indicado democrata, o senador Barack Obama, para ser presidente dos Estados Unidos." /

Sarah Palin sobe ao palco e conquista Convenção Republicana

SAINT PAUL, Minnesota - A governadora Sarah Palin do Alasca http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/09/04/palin_aceita_indicacao_e_questiona_mudanca_de_obama_1648075.html target=_topse apresentou à América, sob incansáveis aplausos da platéia da Convenção Nacional Republicana, na noite de quarta-feira como uma mãe que acompanha os filhos ao (jogo de) hockey e é tão qualificada quanto o indicado democrata, o senador Barack Obama, para ser presidente dos Estados Unidos.

The New York Times |

Momentos depois o senador John McCain, um heterogêneo e rebelde ex-prisioneiro de guerra no Vietnã cuja campanha foi ressuscitada depois de quase sucumbir há um ano, foi indicado pelo Partido Republicano para ser o 44º presidente dos Estados Unidos depois de questionar "vocês acham que fizemos a opção certa" ao escolher Palin para a disputa.

Mas a indicação foi apenas um acompanhamento ao evento principal da noite, o discurso da pouco conhecida Palin. Sua performance animou uma convenção antes consumida por dúvidas sobre sua qualificação para o cargo.

"Antes de me tornar governadora do grande Estado do Alasca, eu fui prefeita da minha cidade", disse Palin aos delegados num discurso cujo objetivo maior era atacar Obama. "Uma vez que nossos oponentes parecem menosprezar essa experiência, deixe-me explicar para eles o que o trabalho significa. Acho que um prefeito de uma cidade pequena é como um 'organizador comunitário', mas com responsabilidades reais".


Ao final do discurso, McCain apareceu para saudar sua companheira de chapa / Reuters

Sob aplausos, Palin continuou: "Eu posso acrescentar que em cidades pequenas nós não sabemos o que pensar de um candidato que gosta de elogiar os trabalhadores quando eles estão ouvindo, mas fala sobre como eles se apegam amargamente a sua religião ou suas armas quando não estão ouvindo".

Palin se referia à experiência de Obama como organizador comunitário em Chicago antes de ser eleito ao senado estadual e depois federal por Illinois bem como a comentários que fez durante um evento para arrecadação de fundos na Califórnia sobre eleitores rurais amargurados que se "apegam" a armas e religião.

"Eu não sou membro do estabelecimento político permanente", disse Palin alvejando a mídia. "E aprendi rapidamente nos últimos dias que quando não se é membro da elite de Washington, então algumas pessoas da mídia irão considera-lo incapaz. Mas aqui vai uma notícia para os repórteres e comentadores políticos: Eu não vou a Washington em busca de seus elogios. Eu vou a Washington para servir o povo deste país".

Por ELISABETH BUMILLER e MICHAEL COOPER

Leia também:

Leia mais sobre: Eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG