Queda das taxas abre caminho para refinanciamento de hipotecas

DENVER ¿ Craig Penn irá economizar US$ 150 por mês para sua mensalidade da hipoteca porque ele refinanciou sua casa em Littleton quando as taxas de interesse caíram nesta terça-feira, 25. Penn, um agente público realista, queria estar pronto para quando as taxas caíssem, então juntou informações e deu-as para Jim Smith, consultor sênior da American Guaranty Mortigage.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Não há uma indicação hoje que seja consistente, disse Penn, cuja taxa da hipoteca fixada em 20 anos caiu para 5,375% de 6,125%. É difícil prever o que irá acontecer no dia seguinte. Você tem que estar pronto para isso.

Penn esperar chegar até em US$ 2 mil no preço de fechamento em um ano.

A American Guaranty Mortgage recebeu cerca de 40 aplicações para refinanciamentos nos últimos quatro dias, disse Smith. Estamos vendo muitos clientes que tivemos no passado e que estão procurando um refinanciamento,mas não houve queda suficiente nas taxas de interesse para atraí-los.

As taxas caíram no começo desta semana com a promessa do governo federal de um estímulo de US$ 800 bilhões no mercado de crédito.

Jim Spray da America´s Mortgage LLC disse que as taxas foram indicadas no fim desta terça-feira, 25, por causa da maré de aplicações.

O economista Patty Silverstein da Pesquisa de Desenvolvimento de Parceiros disse que qualquer coisa que ajude as pessoas a baixarem suas despesas mensais irá beneficiar a economia.

O refinanciamento de altos pagamentos de hipoteca está liberando dinheiro que gostaríamos de ver fluindo para a economia através dos gastos do consumidor, disse ela. A baixa no preço do combustível e a baixa nos pagamentos de hipotecas significa que os consumidores estão vendo um pouco de dinheiro extra e podem voltar ao mercado e ao padrão de consumo normal.

A baixa das taxas está dando a muitas pessoas, que possuem taxas de hipotecas ajustáveis, o incentivo necessário para refinanciar uma fixação, uma hipoteca de 30 anos, disse Mike Oswald, um corretor de hipotecas da American home Funding.

A ARMs (taxas variáveis) também estão em queda, disse. As pessoas estão motivadas a sair dessa fazendo taxas fixas de 30 anos a 6,5%, mas se você consegue a 5,5%, é a coisa certa a fazer.

Apenas mutuários que têm o dinheiro ou índice de crédito para qualificar hipoteacs sob os padrões de empréstimos atuais irão se beneficiar com as taxas baixas. Bancos como o First Tier Bank é mais rigoroso com as exigências, antes eles fazem um processo de refinanciamento, disse Bart Bartholomew da America´s Mortgage, que trabalha com a First Tier.

Eles têm que ter um arquivo completo e uma avaliação, disse. Há apenas alguns obstáculos extras para conseguir passar.

Liana Pomeroy, especialista em autorização de planos de hipotecas da Cherry Creek Mortgage co., disse que ela tem ligado para os clientes para contá-los que agora é a hora de refinanciar.

Eu tenho uma lista de pessoas que passaram por cima disso no começo deste ano, disse.

Por Margaret Jackson

Leia mais sobre crise imobiliária

    Leia tudo sobre: crise imobiliária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG