Proprietários deixam de pagar hipoteca nos EUA

Cada vez mais americanos não pagam hipoteca e usam dinheiro para sobreviver

The New York Times |

Para Alex Pemberton e Susan Reboyras, a desapropriação se tornou uma forma de vida - algo que não queriam, mas um momento que não tem pressa para acabar.

O processo de desapropriação demorado tem permitido que eles estabilizem o negócio da família. Almocem no restaurante Outback ocasionalmente. Usem seu barco para dar um passeio no fim de semana. Visitem o Casino Hard Rock.

"Ao invés da casa nos derrubar, ela se tornou um bote salva-vidas", disse Pemberton, que deixou de pagar a hipoteca sobre a sua casa no verão passado. "É realmente uma bênção".

The New York Times
Alex Pemberton e a mulher, Susan, em sua casa na Flórida

Um número cada vez maior de pessoas cujas casas estão à venda para desapropriação se recusam a ter vergonha. Elas deixaram de pagar suas hipotecas e usam o dinheiro para sobreviver.

Este tipo de reformulação não implora a autorização do banco, mas faz uma ameaça: me tire daqui se conseguir.

Qualquer questionamento moral é descartado pela convicção de que os bancos criaram a crise ao envolver os donos de imóveis em empréstimos que não poderiam pagar.

"Tentei explicar a minha situação para o banco, mas eles não quiseram ajudar", disse Wendy Pemberton, mãe de Alex cuja pequena casa a poucos quarteirões de distância está em processo de desapropriação. Ela deixou de pagar sua hipoteca há dois anos após desenvolver um câncer de pulmão. "Eles são todos vigaristas".

The New York Times
Wendy Pemberton deixou de pagar a hipoteca há dois anos

Procedimentos para a desapropriação foram estabelecidos contra 1,7 milhões de lares. O ritmo para a resolução destas hipotecas com problemas é lento e pode ser ainda pior se for desafiado na justiça.

O proprietário inadimplente está em média 438 dias atrasado em seu pagamento quando é despejado. Em janeiro de 2008 a média era de 251 dias, de acordo com a empresa LPS Analistas.

Embora não existam dados concretos sobre quantas famílias estão seguindo o exemplo de resistência passiva, agentes imobiliários e outros especialistas dizem que o número de pessoas aproveitando o "aluguel gratuito" está em ascensão.

Não há dúvida, porém, que para alguns inadimplentes, a desapropriação é a única saída a longo prazo.

Mais de 650.000 famílias não pagaram suas hipotecas nos últimos 18 meses, calculou a LPS no início deste ano. Em 19% dos casos, o banco nem sequer começou o processo de desapropriação.

Por David Streitfeld

    Leia tudo sobre: euahipotecaeconomia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG