Portas da Catedral se tornam um problema para cerimônia de posse de arcebispo

NOVA YORK ¿ As portas de bronze de 20 mil libras, da entrada oeste da Catedral de São Patrício foram feitas para muitas coisas: para impressionar com sua arte e detalhes; para ser forte o suficiente para sustentar seis estátuas de tamanhos quase reais construídas em seus aposentos; para manter o barulho da cidade do lado de fora. Mas não foram feitas para anunciar chegadas com batidas nas portas.

The New York Times |

AP
Cerimônia de posse na Catedral de São Patrício
Catedral de São Patrício em Nova York
Então quando alguém precisa fazer isso ¿ disse um arcebispo ¿ as portas se tornam um problema.

Tentamos todas as coisas, disse o porta-voz da arquidiocese de Nova York, Joseph Zwilling. Enquanto isso, descrevia os esforços para garantir que quando o arcebispo Timothy M. Dolan batesse naquelas portas de bronze antes da missa de terça-feira à noite, as pessoas do lado de dentro ouvissem.

No ritual de posse do novo arcebispo da Igreja Católica Romana, a pessoa deve ficar do lado de fora das portas da igreja mãe de sua diocese, (com a ajuda de uma grande equipe), simbolizando a saudação ao novo prelado e indicando ao coro e ao organista para acelerar o canto.

Por alguma razão desconhecida, o Cardeal Edward M. Egan, que está se aposentando de seu cargo de arcebispo, não fez essa performance tradicional quando tomou posse em 2000, disse Zwilling. E embora seu predecessor, o Cardeal John J. OConnor, provavelmente o tenha feito, nenhuma autoridade da arquidiocese parece se lembrar de como ele o fez.

Nas tentativas periódicas de Zwilling e seus assistentes em bater na porta durante o último mês não deram certo, disse. Eles usaram martelos de madeira, objetos feitos de pedra, objetos longos e curtos, mas, de acordo com ele, mas todos produziram menos que um retinir. Não causou impressão alguma.

Na semana passada, a equipe de testes do som teve a ideia de usar um martelo. Eles o envolveram em um pano, e descobriram que o som produzido do outro lado da porta era mais satisfatório do que em testes anteriores.

Usando um martelo, o novo arcebispo, um homem robusto, naturalmente precisaria evitar danificar os entalhes das portas, ou as estátuas de santos americanos, incluindo a freira Elizabeth Ann Seton e uma índia da tribo dos Mohawks do século 17, Kateri Takakwitha.

AP

Novo arcebispo em ritual tradicional de posse
bate na porta da Catedral com um martelo

Nas preparações para a véspera do acontecimento, Dolan foi avisado para bater na porta em um ponto onde não há nenhum trabalho decorativo, disse Zwilling.

A hora da verdade veio na terça à noite. Em dois dias de ensaio do ritual coreografado, uma grande procissão de padres e bispos caminharam pela Quinta Avenida e até as portas frontais da catedral, que foram mantidas fechadas.

Dolan subiu os degraus. Posicionou o martelo ¿ totalmente descoberto de qualquer pano ¿ e bateu na porta seis vezes. Ele parou, e para ter certeza, bateu mais três vezes.

Dentro da catedral em silêncio, o som soou fracamente, como um trabalhador de construção pregando com o martelo um quadro em uma parede distante. Mas foi ouvido ¿ provocando um alvoroço de risadas e então aplausos infinitos.


Por PAUL VITELLO

Leia mais sobre igreja

    Leia tudo sobre: igreja

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG