Perda de dentes é ligada à gravidez, aponta estudo

Um novo estudo sugere que quanto mais bebês uma mulher tem, maiores as chances de que ela perca dentes.

The New York Times |

Em uma amostragem de 2.635 mulheres de todo o país, com idades entre 18 e 64 anos e que tenham tido pelo menos uma gravidez, o número de dentes perdidos aumentou com o número de gravidezes. A associação persistiu mesmo depois do controle por idade, tabagismo, status socioeconômico e número de visitas ao dentista. O estudo está publicado online no The American Journal of Public Health.

O porquê de isso acontecer não está claro, mas Stefanie L. Russell, autora-chefe do estudo e professora-assistente de epidemiologia na Universidade de Nova York, diz que uma possível razão é que mulheres grávidas simplesmente não vão ao dentista com freqüência suficiente.

Não estou certa de por que esse é o caso, diz ela. Antes se pensava que mulheres só deveriam ser tratadas durante o segundo trimestre, em parte devido ao medo dos efeitos de raios-X dentais no feto.

Mas você precisa analisar o caso individual e ver que tipo de tratamento a mulher necessita, diz Russel. O tratamento preventivo durante a gravidez é realmente importante.

Os autores citam estudos mostrando taxas de gengivite e outros problemas dentais em mulheres grávidas variando entre 30 e 100%. Embora a doença geralmente diminua depois do parto, problemas periodontais existentes podem piorar durante a gravidez.

    Leia tudo sobre: gravidez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG