Pequeno vilarejo tira a sorte grande na loteria espanhola

Moradores de 69 das 70 casas de Sodeto dividiram maior prêmio da história da loteria de Natal, conhecida como El Gordo

The New York Times |

Há apenas algumas semanas, moradores das 70 casas da isolada aldeia rural de Sodeto, na Espanha, precisavam encontrar maneiras de lidar com os efeitos da crise econômica que atinge o país, além dos estragos de uma seca.

Alguns chegaram a considerar não jogar na loteria de final de ano, que é conhecida no país como " El Gordo " (o gordo, em tradução literal) e chega ser quase uma obsessão nacional. Mas eles acabaram comprando bilhetes por lealdade à associação dos donos de imóveis da região, que ganham uma pequena porcentagem sobre as vendas.

Leia também: Loteria de Natal distribui bilhões de euros na Espanha

NYT
Anica Bordei prepara drinque para cliente em seu bar no vilarejo de Sodeto, na Espanha (19/01)

E então, os número foram divulgados. Todos, com exceção de uma casa em Sodeto conseguiram ganhar pelo menos uma parte do bilhete premiado valendo 4 milhões de euros (R$ 9,7 milhões), o maior já registrado no país.

Alguns dos moradores de Sodeto, que são na sua maioria agricultores e trabalhadores da construção civil desempregados, ganharam milhões. Os menos afortunados saíram com um mínimo de US$ 130 mil (R$ 224 mil) – além da sensação de que a vida, com seus jeitos misteriosos, estava lhes dando outra chance.

Este foi um dos raros momentos de boas notícias em meio à crise econômica europeia, que atingiu a Espanha de maneira especialmente cruel.

Mas a sorte não veio sem uma consequência: o vilarejo tem recebido inúmeras visitas de vendedores e oportunistas desde então. Em uma manhã recente, os vendedores não paravam de aparecer: banqueiros de terno ofereciam altas taxas de lucros, vendedores de carros tentavam vender BMWs e comerciantes de móveis batiam de porta em porta tentando vender seus produtos.

A loteria do final de ano, que aconteceu pela primeira vez em 1812, é um grande evento na Espanha. Muitas pessoas tiram a manhã de folga para assistir a cobertura televisiva do sorteio dos números.

A loteria da Espanha funciona de maneira diferente da dos Estados Unidos. Este ano houve 1,8 mil bilhetes premiados no primeiro lugar com o mesmo número, 58268, cada um pagando US$ 520 mil (R$ 898 mil). Como cada bilhete custa US$ 26 (R$ 44), eles são muitas vezes divididos em "participações" de US$ 6,50 (R$ 11).

A associação dos donos de imóveis de Sodeto vende os bilhetes anualmente e, normalmente, fatura cerca de US$ 1,3 mil (R$ 2,2 mil), que eles utilizam para pagar pela comida e decorações das festas de fim de ano. (les recebem uma pequena porcentagem por cada bilhete vendido.

Este ano os ingressos vendidos pelas mulheres, tanto no próprio vilarejo quanto em visitas a 17 aldeias vizinhas, trouxeram mais de US$ 150 milhões (R$ 259 milhões) de faturamento.

Até agora, porém, ninguém gastou uma quantia excessiva em nada demais, disse a prefeita Rosa Pons. "Será que você vai ver pessoas andando de Mercedes para lá e para cá?", disse. "Duvido. As pessoas provavelmente irão investir nos campos e talvez comprem um belo sofá.”

Por Suzanne Daley

    Leia tudo sobre: espanhael gordoloteria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG