Patrimônio de Michael Jackson volta a crescer após sua morte

Michael Jackson morreu há 48 dias, e ainda que a família do Rei do Pop esteja em guerra com os executores de seus bens, a resposta para outra pergunta (quanto o cantor vale em morte?) está mais clara.

The New York Times |

Ele já ganhou US$ 100 milhões com um acordo para um filme e vários contratos de comercialização, e os responsáveis esperam outros US$ 100 milhões até o final do ano.

"Claramente este é um novo recorde para os bens que provavelmente não serão perdidos", disse John G. Branca, advogado de longa data de Jackson que foi indicado como co-responsável pelos bens do cantor, juntamente com John McClain, executivo de música e amigo da família Jackson.

Enquanto inúmeras transações empresariais foram fechadas (para coisas como moedas comemorativas, uma linha de materiais escolares e um livro de US$ 150) os problemas sobre a vasta propriedade de Jackson, seus ativos e dívidas, continuam, bem como os encalços de sua família.

Antigos assistentes receberam milhões de dólares e os executores dos bens do cantor apreenderam outros artigos que quase foram leiloados em abril do ano passado para pagar dívidas.

O modelo para o império empresarial póstumo de Jackson é Elvis Presley. "Quando você vê o que os administradores dos bens de Presley fizeram, vê as oportunidades que temos aqui", disse Branca. "Eu francamente acho que este será um patrimônio ainda maior".

Os bens de Presley geraram US$ 55 milhões em renda no ano passado, de acordo com a revista Billboard.

Além de 2009, Branca e outros estimam que os negócios de Michael Jackson podem gerar entre US$ 50 milhões e US$ 100 milhões anualmente.

Negócio à parte, Branca e McClain (indicados por um juiz como administradores especiais que podem se tornar os executores permanentes dos bens deixados em testamento em outubro) continuam em conflito com Katherine Jackson, mãe de Michael e beneficiária de 40% dos bens do cantor. Em julho, ela tentou apreender o controle dos bens dos executores, mas foi negada por um juiz.

Os bens de Michael Jackson foram estimados em centenas de milhões de dólares. Entre eles estão ativos grandes, inclusive a propriedade de 50% da Sony / ATV, uma sociedade de publicação de música que inclui os direitos ao catálogo dos Beatles, às músicas de Jackson e ao Rancho Neverland.

Mas também há grandes dívidas, por causa dos hábitos de compras de Jackson. Apesar da especulação, disse Branca, "nós não contemplamos a venda de qualquer porção da Sony / ATV."

Leia mais sobre Michael Jackson

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG